Munin agora é funcionário do Banco do Brasil. Crédito: Divulgação

Munin deixa o futsal do Corinthians para seguir carreira de funcionário público

Se no futsal o salário dos jogadores é bem inferior ao dos de futebol por outro lado eles conseguem conciliar a profissão com os estudos com mais facilidade.  Quer um exemplo? O ala Munin do Corinthians passou em um concurso público em Brasília, sua terra natal, e resolveu pendurar os tênis aos 34 anos para se tornar mais um funcionário público no Brasil.

Carlos Henrique, seu verdadeiro nome,  fez o concurso do Banco do Brasil na capital federal há quatro anos mas só agora foi chamado para exercer a função. Ele e o clube paulista já entraram num acordo e rescindiram o contrato. “Eu sempre estudei, sempre deixei algo resguardado. Caso alguma coisa desse errado, eu teria como sustentar minha família. Em 2012, quando eu estava em Brasília ainda, fiz um concurso. Estudei, fui muito bem na prova e acabei me classificando. Agora, saiu a convocação”, afirmou em entrevista à rádio Difusora, de Patrocínio-MG.

Munin chegou ao Corinthians no início do ano passado após defender outros grandes do futsal brasileiro. No entanto ele exerceu outras funções além de jogador de futsal.  Formado em contabilidade, especialista em auditoria, conciliou estudos e trabalho com competições universitárias e regionais.

Em 2010 ganhou uma chance no Peixe Mazza-DF, largou seu trabalho no Banco Itáu e se tornou profissional do futsal. No ano seguinte chegou à Liga Nacional onde jogou por Carlos Barbosa-RS e Concórdia-SC até desembarcar no Parque São Jorge. Hoje, de volta à vida em banco, sente-se realizado por ter se aposentado num grande clube.

“É realmente uma equipe de camisa, com uma torcida apaixonada. Fui campeão paulista de 2015, com jogadores renomados. Aquilo, para mim, foi muito prazeroso. Passava um filme na minha cabeça, tudo o que passei para chegar ali. Você olha para trás e vê o tanto que batalhou para conseguir realizar um sonho”, concluiu Carlos Henrique.

 

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.