Apontando para o décimo título que está chegando. Créditos da imagem - reprodução vídeo

Com virada espetacular, Brasil vence Argentina e fatura a Copa América de futsal

O Brasil voltou a ser a temida “Seleção Brasileira” de futsal, àquela que atropela os adversários com goleadas históricas, que cala ginásios lotados conquistando vitórias épicas à base de puro talento, mas também a que segue cometendo erros de marcação e levando gols bobos em quadra.

Pois é, no décimo título da Copa América de Futsal teve um pouco de tudo isso. Nesta quarta-feira o Brasil venceu a Argentina na grande final, com direito a virada espetacular, e sagrou-se decacampeão da América. Foi o primeiro título desde que Falcão se aposentou da seleção. Leandro Lino, Felipe Valério, Arthur e Marcel marcaram os gols brasileiros.

O jogo

O ginásio de San Juan estava lotado, a torcida colocou os brasileiros num caldeirão e pressionou desde os primeiros minutos de jogo. As coisas pioraram ainda mais quando Rescia e Borruto deixaram a Albiceleste com 2×0 no placar. Foi a terceira vez na Copa que o Brasil tomou dois gols na mesma partida. Um time muito ofensivo, talentoso, mas que deixa a desejar na marcação, especialmente em contra-ataques.

O Brasil ainda perdera Deives, seu principal jogador, no fim do primeiro tempo e estava acoado em quadra. Foi aí que os jovens talentos apareceram. PC de Oliveira colocou Leandro Lino como goleiro-linha e no primeiro lance o camisa 17 marcou o primeiro gol canarinho.

A pressão brasileira continuou e o milagre veio no último minuto de jogo com Felipe Valério. A Argentina sentiu bastante o gol de empate e entrou totalmente desconcentrada na prorrogação. Assim o Brasil se aproveitou e marcou com Marcel e Arthur para selar a vitória, calar San Juan e levantar o décimo título de sua história. A América do Sul mais uma vez amanheceu Azul, Verde e Amarelo.

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.