Horizonte pode conquistar nove títulos só em 2017. Créditos - Divulgação

Com altos investimentos, Estado do Ceará tem o melhor futsal do Nordeste

O Ceará hoje é sem sombra de dúvidas o Estado do Nordeste mais forte na categoria adulto do futsal, e conquistas não faltam para colocá-lo à frente dos rivais da região.  Só em 2017 os cearenses conquistaram dois títulos nacionais (Copa do Brasil e 1°Divisão da Taça BR) com o Horizonte e estão na final da Liga Nordeste Adulto, também representados pelo Galo do Tabuleiro.

Aliás, o atual campeão do maior torneio regional é justamente um cearense – Grêmio Recreativo Pague Menos que este ano desistiu do campeonato nas quartas de final.  Mas de onde vem todo este sucesso? O futsal cearense tem uma organização nível Sul e Sudeste do Brasil, uma fusão muito bem-sucedida entre clubes, prefeituras, patrocinadores e a mídia local.

E olhe que o nível pode aumentar ainda mais já que há um burburinho nos bastidores de que o Governo do Ceará quer ajudar a resgatar o Sumov, maior time do Estado entre os anos 70 e 90.

Tudo isso faz com que o campeonato estadual tenha o maior investimento do Nordeste, chegando perto de cifras como o de divisões inferiores de campeonatos estaduais como a Série Prata (2° divisão) do Campeonato Gaúcho. Só para ter uma ideia as maiores folhas salariais do Pernambucano Adulto variam de 15 a 20 mil, quando os times conseguem patrocínio. No Ceará, o Jijoca de Jericoacoara tem investimento um pouco maior, e olhe que ele nem é o principal time de lá.

” Nossa folha para o Estadual deste ano girou em torno de R$ 31 mil. Temos um apoio da prefeitura da cidade e de outros patrocinadores”, conta o diretor do clube, Marcílio Silva. O Jijoca parou nas semifinais do segundo turno e é considerado um dos grandes no Estado. Entre os atletas do elenco está o pernambucano Jefferson Topeira, que disputou a sua quarta temporada e fala muito bem da estrutura dos cearenses no esporte.

“Os clubes investem alto e acabam levando muitos jogadores daqui. Pernambuco e Ceará têm os melhores jogadores, mas aqui o investimento é maior”, ressaltou.  Hoje o principal time é o Horizonte, tetracampeão estadual e finalista da Liga Nordeste Adulto.  Ele e o Pague Menos têm folhas salariais que ultrapassam os R$ 40 mil. Mas para entender melhor vamos por partes:

 

MÍDIA

A TV Diário exibe um jogo por rodada na primeira fase e as duas partidas finais de cada turno. Se por um lado não há cotas de TV para transmissão dos jogos, como no futebol, por outro a mídia entrega uma ótima oportunidade para empresas anunciarem nos clubes, tendo em vista que a TV é o veículo mais ‘desejado’ por quem quer divulgar sua marca ao público.  A parceria já dura dez anos e o sucesso é tão grande que este ano foi lançada a Taça TV Diário que começou na última sexta-feira e reúne 16 equipes.

Estadual

Não há times de bandeira no certame como no Pernambucano (Santa Cruz e Náutico), mas mesmo assim o campeonato não deixa de atrair um bom público e também investidores. 12 equipes participaram este ano e o campeão acabou sendo o Horizonte (vencedor dos dois turnos). O calendário da Federação Cearense de Futsal conta ainda com a Copa do Estado do Ceará e agora a Copa TV Diário.

Se Ceará e Fortaleza desdenham do futsal adulto, cidades com bom poder aquisitivo apostam na modalidade e aplicam altos valores nos times, exemplos  como a Liga Desportiva de Mombaça, da cidade de mesmo nome e que este ano foi vice-campeão do segundo turno. Nele atuou o goleiro pernambucano Índio.

SUMOV

Este já foi o maior time de futsal do Brasil. Entre as décadas de 70 e 90 a Superintendência Municipal de Obras e Viação (SUMOV) dominou o futsal brasileiro conquistando os principais campeonatos formando times legendários.

Na história do clube estão atletas como Lavoisier, Cacá e Gêra, além de vários outros que ajudaram a escrever a rica história do time cearense. Na galeria de títulos, seis Taças Brasil e 22 estaduais. O Sumov ainda disputa as principais competições  mas não tem a mesma força de antes. A esperança de ver o time forte outra vez surgiu após o Governo do Estado anunciar que está disposto a ajudar o time para que ele volte a brilhar nas quadras pelo Brasil.

HORIZONTE

O Horizonte Futsal tenta ser hoje o que o Sumov foi no passado. O time da cidade de Horizonte investe na modalidade há dez anos e em pouco tempo já se tornou a principal força do Ceará. Na galeria há conquistas de dar inveja aos rivais, como o tricampeonato da Liga Nordeste (2008,2011 e 2014), campeão da Primeira Divisão da Taça Brasil (2017) e primeiro time a conquistar a Copa do Brasil Adulto, também este ano ao vencer o Tubarão-PA

Aliás, só em 2017 o time já levantou sete títulos e pode conquistar outros dois – tetra na Liga Nordeste (enfrenta o Brejo Cruz-PB) e a 1° Copa TV Diário.  Em 2018 já está garantido na Libertadores ao lado de Joinville-SC e o campeão da LNF (como o JEC já tem vaga, o Assoeva-RS deve ser confirmado pela CBFS), como representantes brasileiros no campeonato. Em termos financeiros falta muito para chegar a uma Liga Nacional mas o Horizonte já está sendo tratado como o ‘novo Sumov’ do futsal.

GINÁSIOS

Quem joga no Ceará elogia também as quadras de jogo. Os principais times atuam em ginásios bem estruturados e com capacidade de receber bons públicos. As últimas edições da Taça Brasil (2° e 1° Dvisão) foram sediadas na cidade de Horizonte.

Há quem diga que o fato da sede da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) ser em Fortaleza tem um peso e ajuda os cearenses na hora de sediar torneios nacionais, um outro lado pensa diferente e diz que é apenas mérito por serem organizados.

A verdade é que os cearenses seguem dando exemplo de organização no futsal e estão bem à frente dos adversários.  Se 2017 já pode ser considerado um ano vitorioso, imagina o que estar por vir com o principal time classificado para a Libertadores e a Divisão Especial da Taça Brasil.

Sem falar que a tão esperada reforma do Centro de Formação Olímpica está com mais de 98% concluída e deve ser entregue oficialmente em breve. É nele que está um dos principais ginásios poliesportivo do Estado.

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.