Timbu venceu e joga por um empate no sábado. Créditos - Matheus Silva / Info Futsal Imagens

Com grande atuação, Náutico vence o Sport no primeiro jogo da final do PE sub-20

O primeiro capítulo da final do Campeonato Pernambucano sub-20 de Futsal terminou com final feliz para o Náutico, e merecido. O Timbu jogou muito bem e passou por cima do Sport vencendo por 5×2, gols de Augustinho (2x), Bruno, Matheus Cabo e Tiburcio, na quadra da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFPE).

AFLITOS É PASSADO

A perda do ginásio dos Aflitos já é passado e o Timbu agora vai com a vantagem do empate no segundo jogo para ficar com o título de campeão estadual, garantindo também uma vaga na Taça Brasil do ano que vem.

Leia mais

Ceará tem o melhor futsal da região Nordeste

Náutico e Sport fazem a primeira final do sub-20 2017

FPFS muda data da primeira final do PE sub-20

Renan diz que Taça BR é passado e pede time focado na final

Técnico do Náutico vê time pronto mesmo sem os Aflitos

Escolha os craques da Seleção do Pernambucano sub-20

Escolha os craques da Seleção do PE Adulto

Manoel Tobias tem recorde que nem Falcão consegue bater na LNF

GRANDE EXIBIÇÃO

A marcação alvirrubra não permitiu que o Sport criasse muitas chances e fez a diferença no Clássico dos Clássicos. Seguro atrás, o time começou a sair para o jogo e no primeiro tempo marcou com Augustinho. Se a etapa inicial foi equilibrada, o segundo tempo foi de domínio do Náutico.

Augustinho marcou o segundo dele, Bruno soltou uma bomba de fora da área e fez 3×1. Depois, aproveitando os espaços deixados pelo Sport, chegou ao quarto com Mateus Cabo, num belo toque por cima do goleiro. Quando o Sport entrou com goleiro-linha os donos da casa chegaram ao quinto, desta vez num chute de Tiburcio lá da quadra de defesa.

O QUE O SPORT PRECISA FAZER?

Já o Rubro-Negro, que marcou com Kebinho e Marcos, precisa da vitória no tempo normal para jogar pelo empate na prorrogação e assim ficar com o título. No duelo desta quarta-feira o Sport não manteve o bom nível que vinha apresentando na competição e mais uma vez cometeu falhas num jogo contra o Náutico, assim como na derrota por 4×1 na casa alvirrubra.

Depois de sair atrás do placar o Leão empatou com Kebinho ainda no primeiro tempo. Na etapa final não conseguiu se impor e apostou no goleiro-linha. O técnico Renan Franklin fez várias mudanças mas só conseguiu fazer um gol, de falta com o capitão Marcos quando o jogo estava 5×1.

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.