Créditos da imagem - Uefa.com

Fifa aprova mudanças no futsal e lateral pode ser cobrado com as mãos

A Fifa aprovou mudanças importantes na regra do futsal e quem pratica a modalidade (atletas, árbitros e treinadores) terão que ficar atentos para não passarem vexame em quadra. Uma boa dica para se adequar ao novo jogo é assistir partidas do final dos anos 80 e início dos anos 90 já que a entidade máxima do salão se inspirou no passado para alterar a regra.

Leia mais – Pernambucanos participam de campeonato no Rio Grande do Norte

Entenda por que o Futsal não é um esporte olímpico

Brasil sofre mas vence a Bélgica no Grand Prix

A principal, e mais polêmica, é a possibilidade de cobrar lateral e escanteio com as mãos, como era nos tempos em que o esporte era controlado pela antiga Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa).  De acordo com a Fifa a mudança vai contribuir para o aumento do número de gols no futsal. Foram quatro propostas ao todo aprovadas na assembleia realizada durante a Uefa Euro, em Liubliana, na Eslovênia.

Torneio que acabou com o título de Portugal sobre a Espanha. O Brasil também participou da reunião e foi contra apenas à mudança nas cobranças de lateral e escanteio.

O QUE MUDA?

Lateral e escanteio – Antes – Cobrado apenas com os pés / Agora – Cobrador poderá executar o lateral ou escanteio com os pés ou com as mãos

Goleiro-linha – Antes – As duas equipes podiam utilizá-lo a qualquer momento e independente do placar (derrota ou vitória) / Agora – Só poderá utilizar o goleiro-linha o time que estiver perdendo em quadra

Reposição do goleiro – Antes – Era permitido ao goleiro fazer a reposição de jogo lançando a bola diretamente ao ataque / Agora – Goleiro não pode mais lançar a bola diretamente ao ataque. A partir de agora, a bola terá de tocar na quadra de defesa antes de chegar à outra metade.

Disputa de pênaltis – Antes – Em jogos eliminatórios o número de cobranças era de três para cada equipe / Agora – A Fifa autorizou de três para cinco cobranças de pênaltis em jogos de mata-mata.

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.