Foto: Matheus Albino / Info Futsal imagens

Uninassau vence na raça, elimina o União Condado e vai à semifinal da Copa Tronadon de futsal

Uninassau e União Condado atenderam às expectativas e fizeram outro grande confronto pela Copa Tronadon de futsal. Assim como na fase de grupos, onde se enfrentaram pelo Grupo A, o jogo foi marcado por muito equilíbrio. Mais uma vez a Uninassau levou a melhor e como o duelo era válido pelas quartas de final o União acabou eliminado do torneio.

Teve de tudo na quadra do Arruda, viradas no placar, gols bonitos, jogadas de efeito, herói, expulsão e destempero de atleta. No final a Uninassau se saiu melhor e venceu por 5×4, garantindo vaga à semifinal. Seu adversário será a ADF Bom Jardim, que eliminou a garotada do Sesc Santo Amaro por 3×2. O jogo está marcado para esta quinta-feira, às 21h, no Arrudinha

Gols, festa e fúria

Candidatos a destaque do jogo não faltaram, mas quem roubou a cena mesmo foi o atleta Henrique, da Uninassau. Ele poderia fechar a noite com os dois gols que marcou, mas saiu como vilão ao ser expulso após confusão com Weverson do União Condado. Não satisfeito o camisa 12 partiu pra cima do árbitro e teve que ser contido pelos companheiros de equipe. Lembra do Dudu do Palmeiras na final do Paulistão contra o Santos no ano passado? Pronto, foi mais ou menos daquele jeito.  Sorte que o caso não deve ir para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O jogo

Tecnicamente o time da Uninassau é bem superior ao União Condado e mostrou isso logo nos primeiros minutos abrindo 2xo no placar com Felipe e Henrique. Mas o União já havia mostrado na primeira fase que não costuma desistir fácil e foi atrás do empate. A Uninassau tentou manter a posse de bola colocando o goleiro Índio na quadra de ataque e abrindo espaços na marcação adversária.

Mesmo assim o Condado conseguiu pressionar e foi eficiente até roubar a bola e criar as oportunidades. Em duas empatou o jogo com o camisa 6 Aellington.  No segundo tempo Henrique colocou a Uninassau na frente outra vez e em seguida foi expulso após desentendimento com o camisa 13 do União, Miguel Henrique. Com as duas equipes com um homem a menos o jogo ficou rápido e com muito espaço para ambos trabalharem a bola. O Condado igualou o placar outra vez, com Lucian. Numa bobeira da defesa a Uninassau tomou a virada e deixou o técnico Neto bastante irritado. Anderson foi o autor do gol.

A partida ganhou contornos de dramaticidade e a Uninassau teve que ir para o tudo ou nada. Foi aí que o camisa 10 da “Uni” apareceu para virar o herói da partida. Ele marcou os dois gols que garantiram a classificação suada da equipe para a fase semifinal da Tronadon. “Ah” antes que eu esqueça o ‘herói’ da Nassau se chama Jefferson. O União ainda acertou uma bola na trave com Anderson mas a noite era mesmo do time azul.

 

 

Compartilhe:
Matheus Silva

Jornalista com vasta experiência em coberturas esportivas, apaixonado por Futsal e atualmente Editor do Info Futsal.